Nesta quinta-feira (28), o Ministério da Saúde divulgou a lista com as novas cidades que receberão o imunizante (veja a lista completa abaixo).

As cidades estão localizadas em 11 Regiões de Saúde, que são formadas por municípios fronteiriços que compartilham redes de comunicação e infraestrutura de transportes. A finalidade dessas regiões é integrar a organização, o planejamento e a execução de ações e serviços de saúde.

VEJA A LISTA COMPLETA COM AS NOVAS CIDADES INCLUÍDAS

Redistribuição de doses

Segundo o ministério, há 668 mil doses que vencerão em 30 de abril, 523 mil em junho e 84 mil em julho. Para evitar que essas doses sejam inutilizadas, a pasta determinou a redistribuição dos imunizantes.

“Não podemos deixar essas doses vencerem. Diante disso, o Ministério trouxe uma solução: redistribuir, dentro das unidades federadas, ou seja, dentro dos estados, para municípios que ainda não foram contemplados”, disse Éder Gatti, diretor do Departamento do Programa Nacional de Imunização (DPNI).

👉 O remanejamento das doses próximas do vencimento para municípios dentro dos próprios estados foi detalhado em uma nota técnica do ministério.

Como todas as cidades do Mato Grosso do Sul já haviam sido contempladas e o Distrito Federal não tem municípios para onde redistribuir internamente, o excedente dessas duas unidades será enviado para o Amapá.

Além dessas doses, o ministério recebeu uma nova remessa de 930 mil doses da vacina Qdenga, que começará a ser distribuída em abril.

A redistribuição das doses começa a partir da nota técnica que será publicada hoje. A gente espera que até semana que vem comece a vacinação, mas não dá para precisar por conta dos desafios logísticos de cada local.

Vacinas aplicadas

Segundo o Ministério da Saúde, 1.235.119 doses já foram distribuídas aos estados e DF desde o início da vacinação. Deste quantitativo, 534.631 foram aplicadas e 700.488 não foram registradas (ou seja, podem não ter sido aplicadas ainda ou, por lentidão do município, não ter entrado no sistema).

Ainda de acordo com a pasta, de todos os municípios que receberam doses, 13 cidades ainda não enviaram os dados para o governo.

Doses enviadas aos estados e DF — Foto: Reprodução/Ministério da Saúde

O Brasil foi o primeiro país no mundo a oferecer a vacina na rede pública. Estão aptos para receber o imunizante pelo SUS as crianças e os adolescentes de 10 a 14 anos.

Mais de 2 milhões de casos

Segundo o Painel de Arboviroses, atualizado nesta terça-feira (26), o país tem 2.321.050 casos (prováveis e confirmados) de dengue e 831 mortes confirmadas pela doença até a semana 12.

Como saber se você está com dengue e se é grave

Como saber se você está com dengue e se é grave