Homem perseguiu a vítima e descumpriu uma medida protetiva. A tentativa de feminicídio aconteceu no dia 19 de fevereiro e desde então ele estava foragido.


Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Nhamundá — Foto: Divulgação/PC-AM

Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Nhamundá — Foto: Divulgação/PC-AM

Um homem foi preso suspeito de tentar matar a ex-mulher a pauladas, em Nhamundá, no interior do Amazonas. Ele estava foragido desde a tentativa de feminicídio, que aconteceu no dia 19 de fevereiro de 2024.

De acordo com a delegada Priscilla Orberg, da 43ª DIP, no dia do crime, o suspeito seguiu a vítima até a sua residência na tentativa de reatar o relacionamento com ela.

“No caminho ele tentou tomar o celular dela a força, e ao chegarem na casa, ele foi proibido de entrar. Então ele se revoltou e pegou um pedaço de madeira, que estava com pregos, e golpeou a mulher na cabeça. O tio da vítima presenciou a situação e interferiu, impedindo que o homem cometesse o crime de feminicídio”, disse.

Ainda segundo a delegada, o homem fugiu sem prestar socorro à vítima. A mulher tem uma medida protetiva desde novembro de 2023 a seu favor.

“A arma utilizada para o crime foi localizada, apreendida e periciada quando ainda apresentava manchas de sangue e tufos de cabelo da vítima. Com base nos elementos colhidos durante as investigações, representamos pela prisão preventiva do indivíduo e a cumprimos”, contou.

O suspeito foi preso no momento em que ele pretendia sair do município, disse a polícia.

O homem vai responder por tentativa de feminicídio e descumprimento de medida protetiva.