A turista brasileira relatou ter sido vítima de um estupro coletivo cometido por sete homens na Índia. Todos os suspeitos já foram identificados e três foram presos, segundo a embaixada do Brasil em Nova Déli.

O crime ocorreu no distrito de Dumka, na última sexta-feira (1º), enquanto Fernanda viajava junto com o marido dela – de origem espanhola – pelo continente asiático.

Fernanda Santos e Vicente Barbera seguiam de moto até o Nepal. Eles decidiram acampar na região de Dumka, de acordo com a apuração da imprensa local. Durante a noite, eles foram atacados pelo grupo.

Influencer brasileira que denunciou estupro coletivo na Índia diz que tem recebido ataques

Influencer brasileira que denunciou estupro coletivo na Índia diz que tem recebido ataques

Volta ao mundo sobre duas rodas

Fernanda é natural de Goiânia (GO). Ela e Vicente estão juntos há dez anos. De moto, o casal já passou por mais de 60 países e compartilha imagens das aventuras em uma rede social.

Atualmente, o perfil do casal no Instagram conta com mais de 250 mil seguidores. Nas últimas publicações, o casal mostra que estava viajando pelo continente asiático.

Após o ataque na Índia, Fernanda relatou o ocorrido nas rede social. "“Meu rosto está assim, mas não é o que mais dói. Pensamos que íamos morrer. Graças a Deus estamos vivos”, disse.

E contou que está sendo alvo de ataques nas redes sociais (veja no vídeo acima).