Em sua carta-pedido, Moraes agrecedeu ao governador Coronel Marcos Rocha, do União Brasil, e citou desenvovimento no órgão em que atuou

Porto Velho, RO - Porto Velho, RO – O diretor do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (DETRAN/RO), Leonardo Barreto de Moraes, o Léo Moraes, do Podemos, formalizou seu pedido de exoneração do cargo em ofício dirigido ao Governador do Estado de Rondônia, Coronel Marcos Rocha, do União Brasil. A solicitação tem efeito a partir de 06 de junho de 2024 e se dá para atender à exigência legal de desincompatibilização, visando concorrer ao cargo de prefeito do Município de Porto Velho nas eleições de 2024.

Em seu ofício, Moraes destacou as realizações durante sua gestão à frente do DETRAN/RO. Ele agradeceu ao Governador pela oportunidade e confiança depositada para transformar o órgão em "um braço forte e justo do Estado".

Segundo ele, diversas campanhas de prevenção e ações educativas no trânsito foram realizadas em todo o estado, com foco na capital Porto Velho, resultando na redução significativa de mortes por acidentes de trânsito no primeiro semestre de 2024, conforme relatórios do Batalhão de Polícia de Trânsito.

O pré-candidato mencionou ainda a humanização do DETRAN/RO e a desburocratização da máquina pública, visando maior eficiência na gestão. "O DETRAN/RO se tornou mais humano, com forte desburocratização da máquina pública visando a imprimir uma maior eficiência na gestão, sendo hoje modelo a ser seguido", afirmou.

Ele destacou medidas inéditas adotadas durante sua gestão, como a isenção de taxas para vítimas de furto e roubo, a extinção de mais de 30 taxas - incluindo a obrigatoriedade de vistoria do primeiro emplacamento - e a redução de outras 20, como as taxas de renovação da CNH e habilitação do idoso. Além disso, colaborou com a proposta de isenção do IPVA para motocicletas de até 170 cilindradas em Rondônia.

O agora ex-diretor ressaltou a atuação enérgica e implacável do órgão nas operações de apreensão de motos irregulares e barulhentas, que impactam negativamente pessoas neurodivergentes, idosos e animais. Ele atribuiu o sucesso dessas ações ao esforço dos servidores do DETRAN/RO. "E tudo isso não seria possível sem a ajuda dos incansáveis servidores deste órgão, verdadeiros heróis sem capa", declarou.

No encerramento do ofício, Léo Moraes expressou confiança no futuro do órgão e agradeceu a oportunidade de servir. "Missão dada é missão cumprida! Obrigado por tudo", concluiu.

CONFIRA: