Assaí, no norte pioneiro do Paraná, é marcada pela comunidade asiática, principalmente a japonesa. Pela cidade, é possível encontrar diversos detalhes que homenageiam a imigração, como um castelo com quatro andares. Assaí é ainda o município brasileiro com a maior proporção de pessoas autodeclaradas amarelas. Entenda mais abaixo.

Veja as dez cidades brasileiras com maior proporção de autodeclarados amarelos  — Foto: Editoria de Arte/g1
1 de 3 Veja as dez cidades brasileiras com maior proporção de autodeclarados amarelos — Foto: Editoria de Arte/g1

Veja as dez cidades brasileiras com maior proporção de autodeclarados amarelos — Foto: Editoria de Arte/g1

O município fica a 382 quilômetros de Curitiba, capital do estado, e a 48 km de Londrina, cidade com mais habitantes da região.

Dos 13.797 moradores de Assaí, 11,5% se consideram de cor ou raça amarela. O dado foi revelado nesta sexta-feira (22) pelo Censo 2022, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o IBGE, a cor ou raça amarela corresponde a pessoas com origem japonesa, chinesa, coreana, entre outros.

Em 2018, Assaí inaugurou castelo em homenagem à imigração japonesa — Foto: Reprodução/Prefeitura de Assaí

Além de Assaí, outras três cidades do norte pioneiro também estão entre as com maior população amarela. São UraíSão Sebastião da Amoreira e Nova América da Colina.

Censo 2022

Dados do Censo 2022 divulgados nesta sexta-feira (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que o número de brasileiros que se declaram pardos é maior do que o de brancos pela primeira vez desde o início da série histórica, iniciada em 1991.

A população preta também cresceu, assim como os indígenas. Enquanto aqueles que se identificam como brancos voltaram a cair, seguindo a tendência dos últimos anos. Já o percentual de amarelos caiu em relação ao Censo de 2010, mas voltou ao mesmo patamar de 30 anos atrás.

Veja abaixo os 10 municípios com mais pessoas autodeclaradas amarelas:

PROPORÇÃO DE PESSOAS POR COR OU RAÇA AMARELA NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS

MUNICÍPIOTOTAL DA POPULAÇÃOPERCENTUAL DE COR OU RAÇA AMARELA
ASSAÍ (PR)13.79711,5
BASTOS (SP)21.50310,3
URAÍ (PR)10.4065,9
SÃO SEBASTIÃO DA AMOREIRA (PR)8.0634,8
PEREIRA BARRETO (SP)24.0954,2
NOVA AMÉRICA DA COLINA (PR)3.2803,8
MOGI DAS CRUZES (SP)451.5053,7
MIRANDÓPOLIS (SP)27.9833,7
BIRITIBA MIRIM (SP)29.6833,6
GUATAPARÁ (SP)7.3203,5
Fonte: IBGE
deslize para ver o conteúdo

Influência asiática em Assaí

Cidade de Assaí fica no norte do Paraná — Foto: Reprodução/RPC

Fundada em 1932 e emancipada como município em 28 de janeiro de 1944, a história de Assaí sempre esteve relacionada com a comunidade asiática, principalmente a japonesa.

De acordo com informações da Câmara Municipal, no começo da década de 1930, a Companhia Colonizadora Três Barras fundou uma fazenda no território onde atualmente está a cidade. Em seguida, a companhia começou a vender lotes, o que atraiu imigrantes japoneses.

Com a chegada de asiáticos, o local passou a chamar-se Assailand, em referência aos moradores japoneses e que significa "Terra do Sol Nascente".

Depois, com a emancipação, o nome do município mudou para Assaí.

Em maio de 2018, o município inaugurou o Castelo Japonês, construção com quatro andares que homenageia a imigração japonesa. O local, que abriga a sede da Secretaria de Cultura da cidade, conta com um museu que conta detalhes da imigração.

Atualmente, conforme a prefeitura, o castelo recebe exposições e fotos antigas da cidade, também caracterizada fortemente pela produção de café. O espaço é aberto para visitação.

Amarelos no cenário nacional

Dos 5.570 municípios brasileiros, o Censo 2022 não identificou pessoas consideradas amarelas em 575 cidades.

Em todo o país, no Censo 2022, 850.130 pessoas disseram ser amarelas, o que representa 0,4% da população total. Em comparação ao Censo 2010, houve uma queda no percentual. Na época, amarelos eram 1,1% da população.

A cor ou raça com a maior predominância entre os brasileiros é a parda (45,3%), seguida da branca (43,5%) e a preta (10,2%).