O padre Joaquim Hudson de Souza Ribeiro, nomeado pelo Papa Francisco como bispo auxiliar de Manaus, será ordenado na próxima sexta-feira (2), na capital amazonense. A celebração ocorrerá a partir das 19h, no Santuário São José Operário, na Praça 14.

Além de Steiner, também vão participar da ordenação do novo bispo, o arcebispo emérito de Manaus, Dom Luís Soares Vieira, e o arcebispo de Cuiabá, Dom Mário Antônio.

A celebração tem previsão de duração de, no mínimo, duas horas e meia, e vai reunir padres, religiosos e fiéis de diversas paróquias de Manaus.

Quem é o novo bispo auxiliar de Manaus

Natural de Parintins, no Amazonas, o padre Joaquim Hudson se formou no Seminário Arquidiocesano São José, em Manaus. Estudou Filosofia e Teologia no Centro de Estudos do Comportamento Humano. O padre diocesano foi ordenado em 12 de outubro de 1999.

Na Arquidiocese de Manaus, ele assumiu funções de pároco em quatro paróquias. Um delas era a Catedral Metropolitana de Manaus, onde estava atuando atualmente.

Padre Joaquim também coordena o Serviço de Atendimento Psicológico Familiar da Arquidiocese de Manaus e é assessor da Cáritas Arquidiocesana de Manaus com foco em crianças e adolescentes vítimas de abuso e exploração sexual. Atua junto à Pastoral do Povo da Rua e é diretor da Faculdade Católica do Amazonas e pesquisador de uma universidade pública.